JOGOS FANTÁSTICOS QUE NUNCA IRÃO VIRAR FILMES



    Em maio de 2016, nós aprendemos que Hollywood tem planos de produzir filmes baseados em dois clássicos de arcade dos 1980: Centipede e Missile Command . Será interessante ver como os cineastas podem eventualmente fazer filmes coerentes de duas relíquias quase sem enredo da era da Guerra Fria. Isso nos levou a perguntar - E os jogos atuais, quais deles serão os próximos a aparecer nas telonas? A resposta fácil é "nenhum deles", dado ao mau histórico de adaptações de filmes baseados em jogos. No entanto, aqui estão alguns jogos que Hollywood definitivamente não deve traze-los:



The Last of Us

      The Last of Us, desenvolvido pela Naughty Dog, não deve ser um filme simplesmente porque é quase um já. Inúmeras cenas do jogo nos passa a sensação de serem cinematográfica. Fora todos os elementos que o diferenciam de um filme - como a ansiedade de ser pego por um assassino, andando com cuidado para os fungos não arrebentar a sua jugular - não se traduziria em toda a mídia da mesma forma. Para usar uma analogia dos esportes, jogar um jogo de futebol é muito diferente do que assistir um. Além disso, o subgênero de zumbis foi jogado pra fora de Hollywood. Basta olhar para o fraco desempenho de 2015, em filmes como o 'Como Sobreviver a um Ataque Zumbi'.


BioShock

    O diretor Gore Verbinski e a Universal já tentaram fazer uma adaptação para o cinema de BioShock mas o projeto morreu há alguns anos. BioShock e sua continuação 'BioShock: infinite' , tenta lidar com temas complexos sobre a sociedade que provavelmente pode ser diluído ou eliminados a partir de um filme feito para agradar a um público mainstream. Ambos os jogos também seria difícil de se adaptar, porque os fãs já estão familiarizados com torções das histórias. Claro, os produtores dos filmes poderiam fazer algumas alterações para as histórias, mas qualquer mudança iria irritar os fãs.


Fallout

     Fallout poderia funcionar como uma série de televisão, mas não como um filme. O escopo é muito épico para um filme. Pense em todos os elementos do universo Fallout: super mutantes, ghouls, abóbadas, guerra nuclear, a Brotherhood de Aço, etc. No momento em que os cineastas estabelececem uma história de fundo, o filme teria mais de três horas. Além de que, embora o jogador interage com outros personagens em Fallout , o jogo coloca uma grande ênfase em isolamento. É difícil imaginar como este sentimento de isolamento se traduziria em um filme mainstream. Além disso, quem precisa de um filme de Fallout, quando temos várias sequências de Mad Max previstas nos próximos anos.


Grand Theft Auto 

      Sabemos que Hollywood nunca vai ser capaz de encapsular tudo o que os fãs adoram em Grand Theft Auto e suas sequências, incluindo a sua violência gratuita e crítica social  em um filme. Em primeiro lugar, nós duvidamos que os produtores estão dispostos a fazer um filme violento o suficiente para aplacar os fãs. Em segundo lugar, como Mass Effect , os jogos ao estilo GTA giram fortemente em torno da escolha do jogador. Ramificações e histórias são praticamente deixadas de lado, os jogadores tem a escolha sobre se querem explodir um cidadão inocente com uma bazuca ou simplesmente andar de Táxi e conhecer a cidade. Esses são uns dos fatores que dificilmente ajudaria na criação de um longa-metragem que agradasse ambos os lados.