COMO BREAKING BAD PODERIA VOLTAR


Depois de cinco temporadas angustiantes, Breaking Bad terminou de forma dramática definitivamente em 2013. Enquanto a polícia fechou o cerco sobre Walter White (Bryan Cranston), ele leva um tiro e morre enquanto olha amorosamente para a sua metanfetamína azul que fez o ex-professor de ciências o mais poderoso narcotraficante no sudoeste americano. Breaking Bad foi tão amado por fãs ,ganhou muitos prémios por seu elenco, equipe e criadores que é difícil fechar a porta sobre o show. A AMC vendo o o sucesso rapidamente montou a série do tão aclamado Better Call Saul, com foco no advogado de Walter, Saul Goodman, quando ele era apenas um fracassado chamado Jimmy McGill. Mas o show apresentado tem um mundo tão grande de personagens e situações que existem potencialmente muitas maneiras de trazer de volta Breaking Bad. Aqui estão algumas sugestões de pessoas envolvidas com o show.


Jesse Pinkman


No início de Breaking Bad, Walt busca o seu ex-aluno Jesse Pinkman (Aaron Paul) para ajudar a cozinhar metanfetamína. Isso porque Jesse era um fabricante de baixo nível e comerciante se chamava "Captain Cook." Ele poderia ter precisado de assistência jurídica durante seus dias de pré-Heisenberg. Para o efeito, Paul tem manifestado interesse em aparecer em Better Call Saul . Ele estava ainda em negociações para reprisar seu papel como Jesse na série derivada. Mas nada além de uma breve aparição foi discutido, definitivamente poderia evoluir para uma outra série derivada sobre a vida de Jesse como uma fabricante em Albuquerque. E é claro, Badger e Skinny Pete seria os vendedores.

Gustavo Fring


Em uma entrevista, na qual se falou sobre o potencial de uma sequência com Jesse, Gilligan menciona que uma área particularmente fértil para a expansão de Breaking Bad seria uma série que caracteriza Gustavo Fring (Giancarlo Esposito), a calma, a frieza , o cálculo e o empreendedorismo, começando sua rede de fast food e traficante de metanfetamina. Poderia ser parecido com os flashbacks de Fring que aparece em Breaking Bad, bem como a trajetória geral de Breaking Bad em si, a descida de Fring para o crime, estimulado por uma tragédia pessoal e tentando se permanecer vivo enquanto ganha dinheiro.

Hank Schrader


Com várias sérias da CBS, da NBC, para não mencionar Bones, Criminal Minds, Blue Bloods, Hawaii Five-O, e todo o resto, policiais processuais são uma das apostas mais seguras para as redes de TV. Quando Breaking Bad veio em 2008, foi uma pausa refrescante do formato policial que resolve casos. Foi a partir do ponto de vista dos criminosos que expressou plenamente a sua humanidade e as motivações por trás de suas decisões. Por causa disso, Walter White cunhado de um agente da DEA, Sim o super-agente Hank Schrader (Dean Norris) era mais ou menos retratado como um vilão porque ele era arrogante e queria desesperadamente pegar o cara mau, Walter fazia de tudo para não fazer com que ele soubesse que era um membro de sua família. Mas Hank era inegavelmente um membro qualificado da aplicação da lei, e uma série derivada policial com a DEA poderia se encaixar bem na TV de hoje, sendo também tão atraente e bem escrito como Breaking Bad.